Você é mais forte do que pensa

Não é pouco comum ver pessoas que se sentem frágeis, vulneráveis, diante das adversidades da vida e também não é pouco comum ver essas pessoas buscarem exemplos que, de alguma maneira, estimulam esse sentimento.

Todos temos potencial para desenvolvermos intelectual e emocionalmente. Desenvolvimento implica em exercício, estímulo e desafio, mas se ao invés de nos exercitarmos, nos estimularmos e nos desfiarmos, nós voltarmos nossos olhos para textos que enfatizam nossa vulnerabilidade e nossa dependência, corremos o risco de iniciar um processo de autossabotagem ou um comportamento autodestrutivo, porque vamos minando nossa autoestima. Fica muito difícil alguém se querer bem quando se vê tão frágil e vulnerável. Surge um sentimento de impotência e desvalia.

A saída, então, é observar como nós estamos nos alimentando emocionalmente. Se você tem uma percepção sobre si mesmo negativa, se você se vê frágil, vulnerável, dependente e lê textos, ouve músicas, assiste filmes ou participa de conversas com conteúdos negativistas, que te fazem sentir desse jeito, mais frágil, vulnerável e dependente você será. Mas se você buscar estímulos que te ajudem a ver que você é capaz, que você pode se fortalecer emocionalmente, você irá exercitar-se mental e emocionalmente e cada dia ficará mais resiliente e seguro.

É semelhante ao conhecido conto dos dois lobos, um bom e outro com raiva. Quando o garoto pergunta ao avô quem vence, ele responde: “Aquele que eu alimento.” Se você alimentar uma personalidade emocionalmente frágil, você será frágil. Se você alimentar uma personalidade emocionalmente resiliente e segura, você será resiliente e seguro.

Comece a voltar seus olhos para estímulos que alimentem uma personalidade emocionalmente forte, que te estimulem positivamente, que te ajudem a levantar, caso você caia e que te mantenham de pé. Repita isso para você, exercitando-se mentalmente e desafie-se a cada dia para ser uma versão melhor de você mesmo.

Leia seus livros, ouça suas músicas, assista seus filmes, mas observe que sentimentos eles te provocam, se aumentam sua autoestima e sua autoconfiança ou se as minam. Assista palestras motivacionais, yoga, leia textos e frases reflexivas e inspiradoras, mas sempre absorva o que te fortalece emocionalmente. Cada pessoa tem seus estímulos positivos, isso é muito pessoal. O que serviu para uma pessoa pode não servir para você, você terá que encontrar os seus.

Não se deixe convencer que é menos capaz do que realmente é, pois, como já foi dito, todos temos potencial para nos desenvolvermos. E não se esqueça: Você é mais forte do que pensa.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close